Infográfico: 5 princípios para a aprendizagem digital

By 15 de março de 2016Gerenciamento de projetos
infrográfico-4-principios-para-aprendizado-digital-de-alto-impacto

Otimizar as ações de aprendizado digital significa rentabilizar os recursos aplicados e elevar muito o status de satisfação de seu público-alvo.

A partir da experiência de mais de duas décadas dedicado à educação corporativa, identificamos cinco princípios que foram se consolidando como peças chave de soluções que levam  a marca de nosso objetivo maior: resultados para o mundo real, através de um processo de aprendizagem competente.

Estes cinco princípios  cobrem aspectos fundamentais para o sucesso de qualquer processo de aprendizagem. Mas antes, deve-se levar em conta que a aprendizagem não pode ser vista somente pelos resultados objetivos que proporciona, pois seria uma visão meramente técnica. Ela deve também transformar o comportamento e atitude do participante e aí sim o processo mostra seu valor. Temos vistos muitos processos, meramente operacionais, que se atentam somente ao primeiro ponto.

“A aprendizagem não pode ser vista somente pelos resultados objetivos que proporciona, pois seria uma visão meramente técnica”.

Sob esta perspectiva, há que se preocupar com a mudança integral: operacional e emocional. Um exemplo simples para ilustrar: ao introduzir uma nova ferramenta de informações para uma equipe de vendas, o produto poderá ter o foco na demonstração de todas as funcionalidades do novo sistema, mas caso não se preocupe em provocar as emoções do participante sobre as facilidades e impactos em seus momentos de tensão, a eficácia do processo de aprendizagem será extremamente reduzida.

No infográfico abaixo, relacionamos cinco princípios, ou pontos de atenção para que o seu aprendizado digital tenha alto impacto, independente da tecnologia utilizada. Clique sobre ele para baixar:

infrográfico-4-principios-para-aprendizado-digital-de-alto-impacto

[Clique aqui para baixar o infográfico]

Spyer Prates

About Spyer Prates

Empresário no segmento de Consultoria e Treinamento. Com mais de 20 anos de experiência em desenvolvimento organizacional e gestão de pessoas. Participou da criação do CTE da Fundação Dom Cabral, onde introduziu jogos educativos para programas corporativos. Autor do livro A arte brasileira de Administrar. Foi pioneiro no Brasil em jogos para assessment em processos seletivos on-line. Autor de mais de 100 business games e serious games. Atualmente, sócio Diretor da DOCTA.